Sunday, April 11, 2010

é para que vejas, diário meu. eu escrevi isto no facebook e retirei; por medo de parecer muito violento mas sinto-o e em ti o publico:




ok, one of these days i'll go outside with a shotgun and i'll kill one or two, or three or four. i'll kill a lot. there must be blood... eu não consigo ver mais do que pessoas que só merecem morrer... por favor, só vejo crápulas merecedores de morte imediata... é que vou mesmo dar uma de columbine... vivemos no recreio dos armados em coninhas do xpto do caralho e têm de morrer todos for fuck's sake!

tenho andado a dizer isto aos meus amigos na brincadeira. mas, um de nós tem de fazer a revolução: matar. só quando houver sangue é que alguém acorda.
estou farto que me devam dinheiro, estou farto de mendigar, estou farto de pedir, estou farto de estar farto... there must be blood...

estou farto de estar farto!

2 comments:

Patricia said...

Por fim encontro algo escrito que materializa os "maus pensamentos "
que passam pela minha cabecinha...
I´m not a "sicko" nem sequer uma sick person..i´m not the only one..thank you,porquê?Porque sim.E clare and the reason dá-me uma nostalgia...que tb me obriga a voltar no tempo..porquê?Não sei,porque sim...

Patricia said...

Um amigo meu está sempre a dizer-me:mas pq é que não pomos uma bomba no parlamento?Aqui em portugal fazem o que querem pq nem uma P.. de uma revolução c/ sangue souberam fazer!Somos uns chickene blá blá blá e tou sempre a dizer-lhe vá lá não sejas assim e tal mas por x...(pelo menos bomba de tinta...)