Tuesday, September 13, 2005

sonho mau

não consigo ouvir música.
os sonhos são cada vez mais estranhos. ontem à noite sonhei que tinha tomado um veneno, para morrer. (um simulacro de um documentário que vi há uns tempos sobre um senhor francês que, na fase terminal de um tumor, decidiu cometer eutanásia). sonhei que estava a fazer o mesmo. ele teve uma morte rápida, indolor e serena; suave e bonita. morreu nos braços da mulher que amava. adormeceu nos braços dela e o coração parou de bater segundos depois. morreu embalado pelo amor dela.
ontem sonhei que tinha decidido fazer o mesmo. mas no meu sonho, eu não morria. o veneno, no meu sonho, era incapaz de me fazer adormecer. estava sozinho, depois de ter ingerido a solução, o efeito desejado não acontecia. não tinha uns braços onde pudesse adormecer para morrer serena e suavemente. instalou-se, isso sim, uma insuportável náusea. a náusea esteve comigo todo o dia. sinto que ainda não saí do sonho. e o pior de tudo... eu não morria porque não tinha uns braços onde morrer.

não consigo ouvir música. tenho um sonho mau sitiado na cabeça.
e ouvir música é para os sonhos bons. ouvir música é para me lembrar de ti.

a vida e os sonhos maus parecem ter feito um pacto estranho para me ausentar das melodias.

as melodias parecem ter feito um voto de silêncio para me fazer olhar para mim.

No comments: