Sunday, July 04, 2010

estática (como aquela que temos na televisão)

querido diário:

estou a sentir muitas e distintas coisas, hoje não consigo largar-te.

tenho um pé no passado e outro no futuro.

não consigo perspectivar.

parece que está muita coisa a acontecer e no fundo nada acontece.

estou a viver o enunciado...

e nada mais do que respostas preciso, no fundo.

esta noite deu-me cabo dos cornos.

ainda bem que me vou embora.

estou mesmo muito confuso e perdido no mar das potenciais...

olha, nem vou aprofundar mais...

estou mesmo parvo e...

ai, ai...

isto é mesmo só um desabafo, devia ficar comigo, mas tu és o meu diário. por isso: aqui me tens, como sou.

eu estou mesmo confuso!

as vozes uníssonas são uma coisa terrível...


No comments: