Sunday, August 05, 2007

o título

a solidão bonita do homem feio, ou: a solidão feia do homem bonito.???

esta é a minha presente dúvida. e é exactamente esse esclarecimento que decidírá o título da peça de teatro que pretendo escrever. e definirá , muito concreta e taxativamente, o miolo (comecei a fartar-me do vocábulo: conteúdo) da mesma.


estou mais inclinado para o homem bonito, confesso. gosto mais dessa solidão.


elementos: um fogão muito velho, um frigorífico muito velho, um escadote muito velho (cheio de tinta), um maçarico novo e um homem bonito. bolas e mais bolas de esferovite. um homem bonito e a verborreia.


a articulação dos elementos não revelo, nem a relação da "boniteza" com a "feieza" da solidão.

o meu laptop está sem carregador, está portanto comatoso, escrevo no do meu irmão. como perdi o gosto pela "manuscritura" (apesar de ter trazido para o algarve o caderno lindo e tosco que comprei em fort kochim) decido usar o meu diário como bloco de notas.

não é a primeira vez; jamais será a última.

(ainda irei pensar no peso que tem a última frase que acabo de redigir).

feio? bonito? feia? bonita? soli dão, ão, ão, ão. (pode, mas não tem porque, rimar com laptop do irmão).

No comments: