Tuesday, August 02, 2005

limbo again

algarve:

introspecções variadas. revisões variadas. descansos variados. dúvidas variadas. pensar em tudo e pensar em nada. querer tudo e querer nada. outra vez no limbo. limbo entre o que quero e o que sei que não quero. limbo entre o que tortura e dá prazer. limbo entre o presente e o passado. limbo entre o futuro e a ideia do que deve ser o futuro. limbo entre o sabor do amor e o sabor que deixou o amor. limbo entre o que é e o que há-de ser. estou dentro de uma cápsula que eu mesmo criei. não consigo parir-me.

pode dizer-se que estou muito confuso. deveras confuso. "ai, ai, acima, abaixo, puxa e vai."
estou tão parvo que nem eu próprio, um grande senhor da parvoíce, consigo reconhecer o grau da mesma.

"que sera, sera. whatever will be, will be. the future is not ours to see. que sera, sera!"

a merda é que the future is nothing but ours to see. o que é uma grande responsabilidade.

gostava de conseguir desenhar os meus sentimentos; para os perceber melhor.

quem me dera estar na gronelândia.

No comments: