Monday, November 22, 2004

2 coisas que inspiram Onan

"...If you and I were one within the eyes of our designs,
it would still not change the fact of our leaving.
For tonight we must leave with the first gentle breeze.
For the Isles of Ken we are assailing!
Just like Ullyses,
on an open sea.
On an odyssey of self-discovery..."

Este trecho pertence à letra de uma das canções dos Dead Can Dance. A canção chama-se "Ullyses" e está no álbum "The Serpent's Egg". Este trecho fascinou-me desde que o ouvi pela primeira vez. A canção é muito bela, o poema é sublime. As canções dos Dead Can dance são viagens. Este trecho encerra o meu ideal de viagem. É por isso que sempre me fascinou. Descobri isto quando tinha 17 anos. Esse ideal mantém-se intacto em mim até hoje. Cada vez está mais intacto. Cada vez está mais em mim.

Há outra coisa que me fascina e que complementa este meu ideal. Essa "coisa" é um quadro do Marc Chagall. Chama-se "Au dessus de la ville" e surte em mim o mesmo tipo de fascínio que o trecho dos Dead Can Dance. É a imagem do mesmo. Ambos concretizam o meu ideal. Ambos me fascinam. Ambos me fazem gostar de gostar de ter ideais.

No comments: