Tuesday, October 06, 2009

um poema

ontem dormi muito. mas dormi aos bocados. numa das muitas vezes que acordei fi-lo porque me senti invadido por uma imagem: um homem, uma rua, a solidão de uma rua, as horas. ainda aqui está, a construção dessa imagem. que bom, ando, novamente, a escrever um poema!

No comments: