Tuesday, October 06, 2009

os desígnios da (não) querença

ao longo dos tempos, nunca consegui deixar de me sentir melancólico, frustrado até, por não querer aqueles que me querem. hoje em dia, ainda assim o é. alías, hoje tem sido assim o dia todo.
talvez seja frustrante não ter quem querer mesmo quando se é querido.
"it´s so hard to find someone to admire": não sei o que isso é, essa admiração, há anos, e receio não voltar a ter possilidade de o saber/sentir, na verdade.

No comments: