Saturday, April 07, 2007

torrente

vitaliciamente sendo
vitaliciamente, tu
vitaliciamente crendo:
where the fuck are you?

olhos de ver,
esperança de ter,
viver e morrer
ter o que não ler.

rir e fartar
mundo na cama
querer é durar
língua com lama

nunca te li
foste-me a ferros
enegreci
sou anti-berros

dia que nasce, oh, ai de mim
sou este traste, vivo-me assim

a minha língua é este país que se faz à força de tanto se calar.

a minha visão turva-se, apraz-se (com isso), mas... eu não.

hei-de querer; oh, eu hei-de querer.

mirar-te para?

eu ainda não me comecei... aguarda-me.

rir e rir, para não, apenas, sorrir.

sou hipercineticamente metaneurasténico, e?

No comments: